Savills

Publication

Lisbon Hotel KPI's - Maio 2019

Image treatment

A Receita por Quarto Disponível (RevPar) no acumulado entre janeiro e maio deste ano registou uma subida de 1,39% na Cidade de Lisboa, atingindo os 80,81 €. Este aumento foi suportado pelo crescimento da Receita por Quarto Ocupado (ADR) em 2,87%, que neste momento regista o valor de médio de 107,53 €. Este indicador teve particular contributo por parte da categoria 4 estrelas com um incremente de 4,42%, ainda que em detrimento da taxa de ocupação que diminuiu em 2,76 pp. Penalizada pela descida da categoria 4 estrelas, a Taxa de Ocupação por Quarto registou um decréscimo total de 1,15 pp face ao ano anterior situando-se este indicador nos 75,15% no acumulado do quinto mês do ano, ainda que as restantes categorias tenham registado ligeiras subidas.

O número de turistas, sobretudo estrangeiros, na maioria franceses, brasileiros e espanhóis, continuou a sua trajetória crescente, representando no seu conjunto 30,9% dos turistas que visitam a cidade de Lisboa.

Já o investimento no segmento hoteleiro em Lisboa registou até maio o maior valor dos últimos anos, 373,5 M€ conseguidos através da transação de 5 grandes hotéis da cidade, sendo de destacar a venda conjunta dos hotéis Avani Av. Liberdade, Tivoli Av. Liberdade e Tivoli Oriente, num valor total de 313 M€.

Fontes: Travel BI e Observatório do Turismo de Lisboa analisados pelo departamento de Research da Savills Portugal