Notícias da Savills

Senior Analyst da Savills sagra-se vice-campeão nacional em ténis em cadeira de rodas

É um motivo de orgulho e admiração. João Couceiro, Senior Analyst de Capital Markets da Savills, sagrou-se vice-campeão nacional em ténis em cadeira de rodas. Este fantástico resultado é prova da resistência que o João teve desde 2017, ano em que começou a praticar ténis em cadeira de rodas.

"No 1º ano, treinava uma vez por semana, mas percebi que para evoluir de uma forma consistente que me permitisse chegar ao nível dos atletas mais experientes, tinha de treinar mais. Em 2018, comecei a treinar a treinar 6 vezes por semana", refere o analista, que trabalha no departamento de Investimento onde analisa as oportunidades e desenvolve toda a informação para as apresentar aos clientes.

Desde o primeiro momento que a Savills apoiou o seu colaborador, de forma a que pudesse desenvolver todo o seu potencial para este desporto.

“Houve um dia em que o Paulo Silva, Head of Country da Savills, me perguntou: “O que é que a Savills pode fazer para que sejas um Campeão?”. Na altura fui apanhado de surpresa porque não estava à espera de ser confrontado com essa questão, no entanto, foi nesse momento que percebi que tinha a oportunidade levar o ténis mais a sério.”, começa por dizer.

“Como para além dos torneios nacionais, tinha intenção de começar a participar em torneios internacionais, precisava que a empresa me desse “dias” (uma vez que os torneios internacionais ocorrem durante dias úteis). Assim, depois de fazer um levantamento das necessidades tendo por base os torneios que tinha previsto realizar, apresentei-o à Patricia Liz, CEO da Savills, que prontamente mostrou interesse em comparticipar não só nos “dias” que iriam ser necessários para as viagens e para a competição, como também financeiramente.”, afirma, salientando que sem as ajudas dadas pela empresa nunca seria possível competir a esse nível.

Este resultado e aposta da Savills no João deixou o atleta ainda mais contente e satisfeito com a empresa onde trabalha.

“A Savills tem uma cultura empresarial com a qual me identifico. Tem nos seus colaboradores, o seu ativo mais importante, e como tal, fomentam a excelência do seu trabalho e o seu bem-estar num ambiente que, apesar de termos crescido bastante nos últimos anos, continua a ser muito familiar”, concluiu.

Recommended articles